Menu

19 de 52 semanas: Meus seriados preferidos

Não sou de assistir seriados, portanto conheço poucos. Dos que assisti os que mais gostei são (não necessariamente nesta ordem):

1 - The Tudors
The Tudors é uma série televisiva que recria os primeiros e tumultuosos anos do reinado de Henrique VIII da Inglaterra. Paixão, ambição e traição se transformam no fio condutor deste drama televisivo, que mostra um Henrique VIII muito diferente do que aparece nos livros de história. Jovem, atraente e poderoso, mostra-se um rei da Inglaterra capaz de grandes proezas atléticas. Sem dúvida alguma, um monarca que não colocava os assuntos de Estado entre suas prioridades e que sempre deixava os problemas oficiais nas mãos do Cardeal Tomas Wolsen. Para aqueles próximos de "Sua Majestade", satisfazer o rei era uma faca de dois gumes. Henrique VIII era até mesmo capaz de desafiar a instituição mais poderosa da Europa medieval: a Igreja Católica Romana. Também era conhecido por mandar executar seus súditos diante da mínima demonstração de insubordinação.


2 - Seis Graus de Separação (Six Degrees)
Existe uma conexão entre as pessoas? Que vidas estarão ligadas a você? Dizem que, neste planeta, as pessoas estão conectadas umas às outras por cadeias de seis pessoas, o que significa que ninguém permanece no anonimato… ao menos por muito tempo. Dos mesmos criadores das bem-sucedidas séries Lost e Alias, esta produção se debruça sobre seis nova-iorquinos muito diferentes, que mal podem imaginar o impacto que exercem nas vidas uns dos outros. Uma misteriosa rede de coincidências irá aproximá-los pouco a pouco, mudando seu destino para sempre. Será coincidência? Existirá uma força externa que nos guia para nos conectar a certas pessoas? As respostas a estas perguntas e muitas outras estão em "Seis Graus de Separação".


3 - Game of Thrones
Invernos podem durar uma vida inteira, e a batalha pelo Trono de Ferro já começou. Ela vai se estender do sul, onde intrigas, luxúria e traições são a lei; passando pelas terras vastas e selvagens do leste; até chegar ao norte gélido, onde uma parede de gelo protege o reino das forças negras que estão além dela. Reis e rainhas, guerreiros e renegados, traidores, lordes e homens honestos... Todos jogam a Jogo do Trono.


4 - Hilda Furacão
Hilda Furacão narra a vida de uma socialite que escandaliza a sociedade mineira dos anos 1950 e 1960 ao se transformar em meretriz.


05 - Presença de Anita
Livremente inspirada em obra homônima de Mário Donato, a minissérie apresentou uma história de obsessão, sedução e morte.


06 - A Casa das 7 Mulheres
Adaptação da obra homônima da gaúcha Letícia Wierzchowski mostra o papel das mulheres nos bastidores da revolta conhecida como Guerra dos Farrapos.


Esta postagem faz parte do Desafio das 52 Semanas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário